ir para o site

Clima de campo marca projeto assinado por TT Interiores + B. Lar Center

Fique por dentro das notícias e novidades da Bontempo.

Via CasaVogue

O casal de moradores deste apê em São Paulo precisava fazer com que o imóvel, recém-adquirido, virasse um lar confortável para seus dois filhos pequenos. Com 244 m², o espaço fica localizado na Zona Oeste da capital paulista, mas os clientes não queriam abrir mão do contato com a natureza. Por isso, o projeto do escritório TT Interiores acabou seguindo o clima de uma casa de campo: o apê ganhou muita madeira, marcenaria de autoexpressão da Bontempo LarCenter, revestimentos naturais, e presença bem definida do verde. “Além disso, o parque da Água Branca, em frente ao prédio, também compõe a paisagem da varanda, e foi uma das principais inspirações para compor o projeto”, dizem as arquitetas Tássia e Thaisa Pereira, à frente do escritório.

(Foto: Renato Navarro)

E um dos elementos que não poderia faltar na composição era justamente a amplitude e a boa iluminação dos espaços. Foi necessário, portanto, criar um living espaçoso unindo varanda gourmet, cozinha, estar e sala de jantar. “O desafio foi criar uma unidade de leitura nestes espaços, para que pudessem conversar entre si e, ao mesmo tempo, manter suas características”, contam as profissionais.

Ao longo do processo de integração, porém, o escritório acabou encontrando vigas que não poderiam ser removidas e nem cobertas por um forro rebaixado — caso contrário, o pé-direito ficaria muito baixo, prejudicando a amplitude desejada pelos moradores. A solução para disfarçar as estruturas foi aplicar marcenaria também no teto, revestindo e disfarçando as vigas com o uso da madeira.

(Foto: Renato Navarro)

No décor, os tons quentes da madeira trazem aconchego e harmonizam bem com os tons mais neutros, mas as profissionais também encontraram maneiras de inserir toques de azul em quase todos os ambientes — uma das cores preferidas do casal. Destaque para os armários da cozinha, que ganharam um aspecto contemporâneo com o tom marinho e os puxadores prateados. Já o revestimento de pedra na área do jantar acrescentou texturas mais rústicas, seguindo a estética natural.

Nos ambientes mais íntimos, o escritório precisou pensar em ambientes que refletissem a personalidade de cada um dos ocupantes e, ao mesmo tempo, respeitassem a proposta como um todo. O quarto dos filhos pequenos, por exemplo, também teve uma das paredes removidas para criar um único ambiente mais amplo, enquanto o trabalho em marcenaria e a roupa de cama azul escura e lúdica deixou o espaço mais pessoal.

Amamos!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin

Galeria

Leia Também