Certas criações do design vão muito além do status de “clássico”. Um bom exemplo é o sofá Chesterfield: uma peça que se tornou um verdadeiro ícone, aparecendo na decoração dos mais diferentes lares, dos vintages aos mais contemporâneas.

sofá chesterfield - foto: reprodução

Impossível de confundir, o sofá tem como característica principal os braços arredondados, além do encosto em capitonê e revestimento originalmente em couro nas cores preto e marrom. Criado ainda no século XVIII, o móvel é um símbolo do Reino Unido e tem sua história rodeada por lendas. Há quem diga que o desenho foi encomendado pelo Conde de Chesterfield, Philip Stanhope, no século XVIII, enquanto alguns historiadores defendem a teoria de que a técnica de capitonê foi criada apenas no século XIX.

Entretanto, foi durante o reinado da rainha Victoria, que fazia questão de mostrar a sua própria versão do estofado em uma das salas de visita do castelo, que a peça se transformou em uma referência de sofisticação e elegância na decoração. Com lendas ou não, o fato é que o sofá pode e deve ser encaixado na decoração das casas mais modernas, já que é facilmente combinado com diferentes estilos. E também porque ganhou novas cores e versões ao longo do tempo.

Vamos ver algumas inspirações?

Um ícone versátil capaz de expressar a essência e o estilo dos moradores.

Adoramos!