O apartamento Pipa surgiu da vontade de um casal jovem de ter um lar jovem e contemporâneo e que expressasse o estilo moderno de ambos. Amantes da arquitetura e design, o briefing foi claro: madeira, leveza e cor eram fundamentais. O apartamento duplex de 159 metros quadrados, localizado em uma área nobre de Curitiba, foi a base da prancheta do arquiteto Giuliano Marchiorato.

A área social é totalmente integrada, reforçando a ideia de uma vida cosmopolita e tem como base elementos como a madeira ripada em louro-freijó,  no painel materializado pela Bontempo Balneário Camboriú, e uma paleta de cor monocromática de cinzas para que os mobiliários de design brasileiros brilhem no espaço.  Jader Almeida, Estúdio Bola, Bruno Faucz, Ana Neute, são alguns dos nomes. Ainda sobre a área social, a varanda e churrasqueira foram integradas à área interna do apartamento formando um bloco negro de granito preto levigado.

Mas nem tudo foi simples nesse lindo apartamento. “Encontramos um apartamento com uma planta com os ambientes bem divididos, porém com alguns pequenos problemas. A escada que leva ao andar superior era mal implantada, e existiam cômodos de dependência de funcionários que para a rotina do casal se faziam desnecessários”, conta a equipe responsável pelo projeto.

“A partir do problema desvendamos a solução: criar da escada mal implantada o coração do projeto. Com referências de grandes obras arquitetônicas projetamos uma escada única e nunca vista no Brasil. A primeira escada monolítica em Corian do Brasil. (Corian é um material sintético para superfícies sólidas, composto de resina acrílica de hidróxido de alumínio). A escada é uma peça singular, sem juntas, encrustada entre paredes com sua cor que atenta o olhar, amarela fazendo alusão à brasilidade”, explicam.

A área intima é composta por três suítes e um home office logo que os degraus da escada terminam. A suíte master acompanha os elementos principais do apartamento, porém com algumas particularidades: a cabeceira em couro natural estonado na cor marrom traz o aconchego necessário e as paredes em cimento dão alusão à vida moderna. Peças de design, como a luminária de teto francesa Lampe Gras dão o toque de requinte ao quarto.

As demais suítes, por hora, são destinadas aos hóspedes. Entretanto, o arquiteto junto com os clientes e a Bontempo, já desenharam mobiliários que possam ser facilmente adaptados para os futuros filhos, como o caso da cômoda na suíte 01 que foi projetada para ser um trocador de bebês.

Faça um tour pelo apartamento:

Via ArchDaily

Fotos: Eduardo Macarios