Há pouco mais de duas semanas, saímos do Brasil para percorrer um roteiro genuinamente inspirador pela Europa. Nossa primeira parada foi Milão, mais precisamente no iSaloni, a maior feira de design de móveis do mundo, que nos recebe de braços abertos há cinco edições. E foi lá que descobrimos, andando pelos pavilhões que compreendiam a mostra Workplace3.0/SaloneUfficio, que os locais de trabalho estão se transformando e ampliando as possibilidades de convivência: afinal, se temos smartphones e notebooks, podemos realizar nossos compromissos – pessoais e corporativos – de qualquer lugar. Seja no metrô ou em uma cafeteria, estar longe dos espaços convencionais de trabalho pode potencializar – e muito! – a nossa criatividade.

collage

Inspirados por essas novas formas de pensar e viver o nosso dia a dia, embarcamos para Copenhague. Com ruas que unem de forma perfeita prédios históricos e edificações ultramodernas, descobrimos por que a Dinamarca recebeu o título de país mais feliz do mundo: é impossível não se encantar pelo cuidado, admiração e, sobretudo, respeito que os dinamarqueses têm por tudo que é feito lá. Foi em Copenhague que conhecemos a maior loja de design escandinavo do mundo (veja aqui), vimos que é possível se divertir em praias artificiais no meio de áreas urbanas (confira!) e ficamos extasiados com os aromas, cores e formas do mercado de orgânicos que é a cara da cidade – um espaço com infinitas possibilidades para quem deseja matar a fome (saiba mais sobre ele aqui).

E agora estamos no trem rumo a Estocolmo, nossa última parada antes de voltarmos ao Brasil com a mala repleta de boas histórias e muita, mas muita inspiração. Aproveitamos para compartilhar com vocês um pouco da bela paisagem que nos acompanha durante as cinco horas que separam duas cidades tão únicas e fascinantes.

Siga com a gente nessa viagem pela Escandinávia, a vanguarda do design mundial e do bom gosto!