O roteiro inspirador da Bontempo. foto: reprodução

Pelo quarto ano consecutivo, a Bontempo traz as tendências da decoração e do design que o Salão Internacional do Móvel de Milão – iSaloni – apresenta em seus pavilhões. As peças e ambientes expostos tornam-se referência para os milhares de profissionais e curiosos que visitam a feira. Mais do que isso, cada edição revela os caminhos que as principais marcas do mundo têm percorrido na busca por beleza, funcionalidade e, sobretudo, atualidade.

Este último aspecto, a atualidade, pode ser resumido em algumas questões que provocam qualquer mente criativa: de que forma o que eu produzo se conecta com o tempo em que vivo? Como aquilo que faço se comunica com as pessoas? Em que medida meu trabalho contribui para o bem-estar de quem está ao meu redor?

As respostas, na maioria das vezes, são incertas – como costuma acontecer, as perguntas e a energia que elas mobilizam são mais importantes. Por isso, atentos à relevância do pensar sobre a atualidade das coisas, os organizadores do iSaloni exibem em Workplace3.0, uma de suas principais mostras, projetos que tratam do trabalho nos dias de hoje – como e, claro, em que ambientes estamos quando trabalhamos.

Academia para a mente

Deveríamos pensar o espaço de trabalho como uma academia para a mente, um lugar em que as relações geram novas ideias e possibilidades. O escritório do futuro deveria ser visto com foco em estilos de vida não condicionados por convenções, de modo a desenvolver espaços que perpetuem um fluxo infinito de novas ideias.

As palavras do arquiteto Michele De Lucchi, curador da instalação The Walk, integrante da mostra Workplace3.0, apontam estilos de vida incontáveis, libertos das restrições de uma mesa, um computador, uma sala, um expediente a ser cumprido. Uma realidade que, em maior ou menor medida, passa a fazer parte da rotina de muitas pessoas que vivem nas grandes cidades.

O roteiro inspirador da Bontempo. foto: reprodução

Relações e suas potencialidades

Algo mais está em jogo quando refletimos sobre o trabalho na atualidade. Estamos falando da convivência e de seus espaços – talvez, justamente, o que mais pese na hora de sair de casa para trabalhar. Vivemos uma época voltada aos serviços, às soluções criativas e à troca de conhecimentos. Logo, é fundamental refletir se os ambientes onde trabalhamos nos deixam à vontade, nos estimulam, favorecem o compartilhar de habilidades e experiências. Sendo assim, arquitetura, decoração e design despontam como elementos essenciais para que a nossa vida – incluindo o trabalho – venha a ser mais agradável.

Não que isso seja exatamente algo novo. A particularidade, no entanto, é que os limites entre ócio e trabalho, tempo livre e tempo produtivo estão cada vez mais permeáveis. Pouco a pouco, passamos a exigir ambientes confortáveis, que possibilitem trocas afetivas, não somente na nossa rotina com amigos e familiares, mas também quando estamos trabalhando – sozinhos, numa pequena equipe, em rede ou mesmo numa grande empresa.

Possibilidades infinitas

Neste início de cobertura do iSaloni, queremos ressaltar que a Bontempo compartilha do pensamento da edição de 2015 do evento para os espaços de trabalho – afinal de contas, restrições não combinam com a nossa filosofia. Quando propomos espaços únicos, possibilidades infinitas, estamos falando de flexibilidade e criatividade para qualquer tipo de espaço, independente da forma como o utilizamos, seja para o convívio íntimo ou profissional.

E é por isso que a nossa cobertura ao longo das próximas semanas vai em busca de ambientes e peças que dão atenção não apenas à beleza por si só, à funcionalidade por ela própria. Vamos atrás de inspirações do design, da decoração e da arquitetura que possam nos proporcionar uma vida mais harmônica e criativa.

Após o iSaloni, rumo a novos destinos

Para alcançar esse objetivo, decidimos ir além. Depois de visitar o iSaloni e sua infinidade de ambientes incríveis, seguiremos viagem em direção ao norte da Europa, mais precisamente Copenhague e Estocolmo.

De lá, traremos não somente o design escandinavo materializado em peças e ambientes, mas também o modo como dinamarqueses e suecos vivenciam o espaço urbano. Pois, se queremos uma vida melhor, precisamos considerar também as ruas de nossas cidades – por onde, com frequência, apenas nos deslocamos apressados, sem aproveitar seu potencial de trocas intensas e produtivas.

Copenhague e Estocolmo servirão de horizonte para quando falarmos de novos modos de coexistir. Ambas as capitais propiciam experiências de convivência que estão em sintonia com a proposta do iSaloni de refletir sobre o cotidiano, seus espaços e potencialidades lúdicas. Duas cidades que, assim como Milão, passam a fazer parte do nosso itinerário de pesquisa, encanto e inspiração.

O roteiro inspirador da Bontempo. foto: reprodução

Acompanhe por aqui, na nossa fanpage, no Twitter e no Instagram.