Carregando
 
 
Menu
 

  • Elevador que se move na horizontal abre novas possibilidades para a construção

    O “Santo Graal da indústria de elevadores”. Esse é um dos rótulos que a e Thyssenkrupp usa para falar do Multi, o primeiro elevador – desde sua invenção, em 1854 – com capacidade de se mover tanto vertical como horizontalmente, sem cabos. O lançamento é considerado uma revolução não só para a indústria de elevadores, mas também para as possibilidades da construção civil. O modelo pioneiro já está funcionando na torre de testes da fabricante, na cidade alemã de Rottweil.

    As cabines se movem numa espécie de trilho eletromagnético que dispensa o uso de cabos. Os eixos giram para permitir que os elevadores mudem de direção – do movimento vertical para horizontal e vice-versa. O resultado, segundo a Thyssenkrupp, é menos tempo de espera, aumento de capacidade, mais leveza e maior sustentabilidade. Além disso, o sistema de elevadores permitirá novos tipos de construção – de arranha-céus que permitirão mobilidade horizontal a estações de metrô com maior facilidade de deslocamento dos usuários de uma plataforma para outra.

    Elevador que se move na horizontal abre novas possibilidades para a construcao

    Outra possibilidade do elevador seria o melhor aproveitamento do espaço de construções, pois quanto mais alto o edifício, mais eixos são necessários para movimentar os elevadores convencionais. Com o Multi, novos deslocamentos seriam possíveis. O site de divulgação do elevador também informa que o número de edifícios com mais de 200 metros de altura triplicou desde 2000, e que atualmente mais de 180 edifícios com altura superior a 250 metros estão em construção.

    A Thyssenkrupp mostra como o que parecia impossível pode ganhar forma. A empresa reinventa o conceito de elevadores e já tem um primeiro cliente para seu novo produto: a empresa OVG Real Estate, que deve instalar o Multi na nova torre de suas instalações em Berlim.

    (Imagens: Divulgação Thyssenkrupp)